segunda-feira, 30 de abril de 2018

"Segredos Para Um Final Feliz", Lucy Dillon

Esta foi mais uma leitura que se revelou surpreendente pela forma como me tocou. Neste "Segredos Para Um Final Feliz" acompanhamos Anna e Michelle, duas amigas que após redigirem as suas listas de resolução de Ano Novo, esperam ver certas mudanças nas suas vidas ao longo de um ano, mas acabam por encontrar outras, que chegam a colocar a própria amizade à prova. Porque "life is what happens to you/ while you're busy making other plans", como cantaria o John Lennon, não é assim? E elas bem o demonstram. 

Michelle é uma mulher prática que gosta de manter a vida sob controlo, desde a contabilidade da sua loja de produtos de decoração ao aspecto imaculado da sua casa, e mostra orgulho no seu dia-a-dia ocupado, mas solitário. Comparada com a amiga, Anna parece ter uma vida quase caótica, dividida entre os cuidados das três enteadas - sendo duas delas adolescentes -  e o cão dálmata das raparigas, Pongo.
Michelle decide reabrir a livraria de Longhampton e convida a amiga para a gerir, já que Anna é uma apaixonada pela leitura. Por um lado, o negócio dá-lhes um novo alento. Por outro, há mais aspectos pessoais a sobreporem-se nas suas vidas, desde a presença invisível de Harvey, o marido manipulador de Michelle que lhe minou a confiança e não parece querer perceber que o divórcio está iminente, aos dramas familiares de Anna, cujo plano para aquele ano era apenas ter o próprio bebé.

Não estava à espera de gostar tanto da leitura deste livro como aconteceu. Sem cair em lamechices, a autora consegue mostrar-nos protagonistas bem palpáveis, que nos fazem torcer por elas enquanto se dedicam a assuntos "reais", e uma mão-cheia de outras personagens que de uma maneira ou de outra conseguem mexer com um leitor. Nesse aspecto, torna-se quase "trágico-cómico", à boa maneira de um filme romântico britânico, e adorei odiar Harvey e revirar os olhos às tiradas da sogra de Anna. E eu gosto quando um livro tem a capacidade de me levar a comentar passagens sozinha...
Como "cerejas no topo do bolo", senti-me também compelida a ler para descobrir o mistério do passado que Michelle esconde por baixo de tanto controlo, e não deixei de rever o meu próprio gosto pela leitura em Anna - que também teve a infância acompanhada de autores como a Enid Blyton e encontra consolo em coisas tão "mínimas" como planear as leituras das férias.
Só acho que "Segredos Para Um Final Feliz" peca em divagações sobre ideias de negócio a certo ponto. De resto, foi uma boa descoberta acerca de laços de amizade e de família, lida com muito gosto.


Sinopse

E vocês, já o leram? Qual é a vossa opinião?
Boas leituras!

4 comentários:

  1. Gostei, Sue, gostei muito e se houver na biblioteca, virá um dia comigo, porque este género de leitura conforta-nos em momentos em que não nos apetece aquelas mais densas e cruas.
    Beijinhos e leituras saborosas como esta!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá, Ana,

      Obrigada :D se encontrares recomendo-to. É como dizes, em certas alturas é aquele tipo de leitura reconfortante que sabe mesmo bem. E confesso que acabei este com a lagriminha a aparecer ao canto do olho hehe

      beijnhos e boas leituras

      Eliminar
  2. Olá Su,
    Esta capa é tão doce que apetece logo agarrar no livro. São boas leituras para momentos mais stressantes :)
    um beijinho e boas leituras

    ResponderEliminar